• OK! GESTUAL

    OK! GESTUAL

    A OK! teleseguros, com o apoio da Federação Portuguesa das Associações de Surdos (FPAS), lançou o OK! Gestual – um serviço pioneiro que garante o atendimento a condutores surdos. Lançado no seguimento da política de responsabilidade social da OK! teleseguros, o OK! Gestual procura dar resposta a uma necessidade da população surda. Em Portugal, num universo de 115 mil cidadãos surdos, 70 mil têm carta de condução e conduzem, mas não conseguem ter acesso direto a serviços na área de seguros. Aliando a tecnologia à inovação, o OK! Gestual contribui para a melhoria da qualidade de vida desta população, que passa a ter acesso a um serviço de atendimento personalizado em língua gestual portuguesa. Este serviço está disponível entre as 9h e as 19h, através de videochamada ou chat, com interfaces disponíveis no site okteleseguros.pt. Em caso de assistência ou sinistro, o cliente surdo pode a qualquer hora do dia […]

     
  • Seguro automóvel: mais jovens pagam o dobro do prémio

    Seguro automóvel: mais jovens pagam o dobro do prémio

    Entre os aspetos que mais influenciam o custo de um seguro automóvel encontram-se o histórico de sinistralidade, a tipologia de veículo, a localidade de circulação e o número de anos enquanto condutor declarado. Para apurar qual o peso deste último fator no prémio cobrado pelas seguradoras, a plataforma de simulação gratuita de produtos financeiros ComparaJá.pt analisou o mercado português e concluiu que uma diferença de dez anos pode significar pagar o dobro. Seguro automóvel em nome dos pais quando se é condutor habitual é ilegal Por vezes, com o intuito de reduzir os encargos com os seguros, os pais optam por não colocar os seus filhos como condutores habituais. Para além de estarem apenas a adiar o “problema”, isto porque quanto mais tarde os declararem como condutores habituais menos histórico terão – pagando na mesma prémios avultados -, não estão a cumprir a lei. “Os pais ao facilitarem a aquisição […]

     
  • Conclusões do Estudo do Comportamento de Condução dos Portugueses

    Conclusões do Estudo do Comportamento de Condução dos Portugueses

    A Continental Pneus Portugal apresentou, hoje, no Pavilhão do Conhecimento, as principais conclusões de um estudo sobre o comportamento de condução dos portugueses. O estudo coordenado pelo IPAM surge no âmbito do projecto Visão Zero Acidentes, e pretende dar algumas pistas sobre as atitudes dos condutores portugueses em relação à segurança rodoviária e compreender o seu comportamento de condução. Os dados recolhidos permitem colocar em evidência o perfil “multitasking” dos portugueses, a importância da atividade profissional associado aos níveis de stress e ao impacto que estes desempenham no seu comportamento durante a condução, bem como a confirmação que o locus de causalidade externa é efectivamente uma característica cultural predominante dos portugueses: “a culpa não é minha”. O estudo permitiu ainda identificar os principais comportamentos de risco durante a condução assumidos pelos portugueses e de onde se destaca: # Receber e fazer chamadas com sistema de mãos livres (75%) # Comer […]

     
 

Recomendado

 
 

Comentários recentes